segunda-feira, 30 de julho de 2007

Rumo à evolução!

Como eu disse, 2ª-feira a coisa ia EXPLODIR. Vou começar com coisas nem tão atuais. Por exemplo, caso a prefeitura ou alguém mais resolva promover minhas sugestões(posts anteriores abaixo), tomem cuidado com o que vocês assistem. Especialmente quem tiver filho pequeno:


Breakdancer Kicks 3 Year Old - Watch more free videos


Hahaaha! Esse já é velho. Mas eu avisei que o COMEÇO será com coisas nem tão atuais. Então eu quero aproveitar e agradecer à Estela Maris Vieira
da Agência Espaço/Z que trabalha com a Warner Brothers pela grande oportunidade de assistir à Pré-pré-estréia de "Harry Potter e a Ordem da Fênix" com direito a refrí(GARRAFA! Não era latinha) e "pipoquinha". Bom, a Estela chamou de "pipoquinha". Eram baldes de pipoca. Quem estava de regime se ralou. Então aqui vai a minha homenagem à Agência Espaço/Z, em especial à competente Estela. Como eles trabalham com a Warner, vou homenageá-los com algo do tipo. O método ACME de resolver os problemas com aqueles amigos bêbados que enchem o saco(MUITO), se penduram no pescoço da gente, fazem declarações melosas e vomitam nossas casas. Isso é tão ruim que até o Coyote do Papa-Léguas já criou um produto especial para resolver esse tipo de problema:


Drunk Prank Gone Bad - Watch more free videos


E agora vamos ao atual. Aproveitando o gancho, vou falar do quanto admiro a nova geração. É comum os mais velhos agirem como se pensassem "Eu é que sei e então eu vou ensinar!". Talvez isso aconteça para que eles possam se afirmar. Todos nós sabemos que, pelo menos, metade das porcarias que estão acontecendo hoje no mundo é culpa das besteiras que a 3ª idade fez no passado. Ok, existem exceções. Mas a maioria é isso. Gente mais velha pensa que já viu tudo, que nada tem a aprender e pensa que questionar é sinônimo de desafio, arrogância e inimizade. Anos atrás eles diziam que as gerações seguintes teriam muitos problemas nos pés porque usavam muito tênis e não sapato. Agora estão dizendo que a gurizada é muito alta porque come muita comida com muito hormônio, e que isso faz mal. Por sinal, essa gurizada come a comida que está na geladeira DELES; que eles mesmos se encarregam de preenchê-la. Ou seja, a gurizada come a mesma coisa que eles. Digo tudo isso observando meus colegas de faculdade, os BIXOS recém-chegados na Universidade com pouco mais de 18 anos.
Outra coisa que me chama a atenção é que a gurizada tem o hábito da leitura: GERAÇÃO HARRY POTTER. A veiarada só leu Machado de Assis, Érico Veríssimo e qualquer coisa que mandaram ler no coleginho. Mais tarde, essa mesma veiarada começou a ler as "modinhas": "O Segredo da Borboleta", livros que viraram novela e/ou filme("Jocasta", "Pássaros Feridos", etc.). E depois o apelo ao desconhecido. Mônica Buonfiglio lançou um trabalho MARAVILHOSO sobre Angelologia(é assim que se escreve?), elemento até pouco tempo pouquíssimo explorado pela religião predominante no país – o cristianismo.
A veiarada se empolgou e jogou-se de cabeça em tudo aquilo que nunca viu. Foi avalanche de livros exotéricos e qualquer tipo de ocultismo. Todos de fácil leitura e muitas figurinhas; uma boa desculpa para a veiarada dizer que tem alto nível cultural porque está lendo algo além de revistas. Por coincidência, livro vira moda NO MUNDO. E a onda seguinte é comprar os livros que aparecem no "Jô Soares 11 & Meia" bem como os citados por personagens de novelas. Alguém me empresta o "Mil-e-Uma Noites" que o Tony Ramos indicou?
Tudo isso acontece ao mesmo tempo que a veiarada critica o Video-Game. Acusam Atari e, mais tarde, Nintendo/Master System de algo exclusivamente prejudicial e doentio. Mas não é difícil encontrar alguém da geração deles viciado em jogo(cartas, hipódromo, etc.) passando dificuldades e desgraçando a família porque perdeu dinheiro em apostas ilegais. Pergunte o que os jogos dessa veiarada contribuem para o raciocínio, memória e reflexos? Cientificamente já foi provado que Video-Game contribui para tudo isso.
Enfim, o que mais me fascina(e inveja) nessa nova geração é a COERÊNCIA. Ao contrário da veiarada, a gurizada raramente dá um discurso sobre algo que não conhece. Velho costuma dizer "Não come melancia com leite porque tu pode morrer.". Se tu perguntares como e/ou o motivo eles te respondem algo do tipo "É sim. Minha mãe me contou." sem levar em conta que suas falecidas mães não tinham formação em Biologia, Medicina, Nutrição, etc.
Já a gurizada de hoje costuma cuidar de sua "dieta". Se tu perguntares a um "Teenager" com corpo de Manequim/Modelo-Profissional o motivo dele não comer chocolate ou regularmente tomar tal vitamina concentrada comprada em farmácia(bem como suplemento alimentar; tipo esses ergogênicos ou "Amino Fuel") ele vai te responder algo do tipo:

"- É porque os cromossomos absorvem a propriedade x de tal elemento e já faz uma hora que eu fiz exercício, então tá na hora de eu ingerir para melhor assimilar a molécula..."

Enfim, ele vai te dar uma aula com nomenclaturas científicas porque ELE(A) MESMO pesquisou(internet ou livros) e perguntou a pessoas que trabalham na área. O TEENAGER em questão pode até estar errado, mas BUSCA a resposta certa. Ao contrário da veiarada que considera crime pensar a respeito de qualquer coisa.

REPITO: EXISTEM EXCEÇÕES! Nem todas as pessoas mais velhas são assim.

Chega de revolta, chega de xingação. Não estou fugindo do assunto mas vou exemplificar com Artes-Marciais. A maioria das artes-marciais tem a faixa-preta. Se alguém passar muito tempo na faixa-preta, ao ponto de passar conhecimento a um aluno tornando-o também faixa-preta, este alguém em questão torna-se Mestre. Por isso nem todos os faixas-preta são chamados de Mestre. Milênios atrás era muito comum os artístas-marciais se especializarem em uma arte-marcial para tornarem-se Grandes-Mestres da mesma. Isso inspirou os sábios Mestres-Palpiteiros nos templos e topo de montanha que vemos em TV, cinema e HQ.
De uns anos pra cá a coisa mudou. Arte-Marcial é tão bom que vicia. Hoje em dia é comum Faixas-Pretas altamente graduados em outras artes-marciais. O Professor Alexandre Gomes(Brasília/Porto Alegre) é faixa-preta em Taekwondo e Hapki-Dô. Bruce lee - do Kung-Fu - tinha grande conhecimento em Taekwondo e Karatê. Com a explosão dos campeonatos "Vale-Tudo", surgem os MMA = Mixed Martial Arts.
Agora vamos ver o dia que um desses homens mais velhos - que pararam no tempo - veio com o papo de "TRADIÇÃO" nos dias de hoje que, como todos sabem, são tempos de transição. Este MESTRE de Daitouryu-aikido foi muito arrogante e disse que ia ensinar um jovem lutador de MMA como bloquear socos com a própria cara para mostrar o “Poder do KIAI!”. Será mesmo que o “KIAI” serve pra isso? Vejam só o que aconteceu:


Famous Kiai Master Fights MMA Student - Watch more free videos


Para encerrar o post num clima “light” deixo para vocês o “queridinho do Japão”. Ele é tão “delicado” que fizeram até bonequinho de plástico(tipo Comandos-em-Ação) dele para vender no Japão. Ele é tão afetivo que chega a ser comum ele ABRAÇAR norte-americanos, pessoas muito odiadas pela maioria devido às guerras. Não bastasse, ele é muito generoso e atua como fisioterapeuta, ortopedista, cirurgião-plástico e odontologista gratuitamente para todos os norte-americanos que ele abraça. Ele é o MEU FAVORITO! E no Japão também. Afinal, tanto eu quanto os japoneses adoramos assistir ele abraçando os norte-americanos.

Um comentário:

Anônimo disse...

MMA, or mixed martial arts, requires discipline and adherence to a proper schedule of strength training.
[url=http://www.mma-workout.org/]Brazilian Jujitsu[/url]